18 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
2/05/24 às 16h58 - Atualizado em 2/05/24 às 17h02

Atos de vandalismo e furtos de equipamento prejudicam áreas de lazer no Noroeste

COMPARTILHAR

Equipes da Administração do Plano Piloto realizaram, na tarde desta quinta-feira (2) a retirada de lixeiras e equipamentos públicos como alambrado da quadra de esportes, localizada na SQNW 109 do Noroeste, devido a ato de vandalismo no local.

Após vistoria, a equipe retirou os equipamentos do espaço para evitar acidentes, além de executar o serviço de limpeza. A Administração irá acionar o SLU para a reposição das lixeiras e realizará o reparo na quadra de esportes.

A Administração do Plano Piloto informa que a ação faz parte do mutirão de   revitalização e manutenção de áreas de lazer da região, onde já foram recuperados 18 espaços de lazer.

O administrador do Plano Piloto, Bruno Olímpio, convoca a toda a comunidade para que fique atenta, e em caso de avistar tais ações novamente, que seja informada a polícia ou integrantes da administração para que as providências sejam tomadas. “ Pedimos para que a população ajude na preservação do bem público, afinal é um espaço para todos usufruírem, mas que também precisa ser cuidado por todos! ”, ressaltou o administrador.

Caso você presencie algum suspeito cometendo crimes de dano ao patrimônio, basta ligar no 190 para registrar a denúncia, que pode ser feita de forma anônima.

Crime– Os atos de vandalismo são considerados crimes para os quais, de acordo com o Código Penal, a pena é de detenção de um a seis meses ou multa de um a seis salários mínimos – no caso de danos simples. As consequências para quem for flagrado pichando algum monumento ou bem tombado no Distrito Federal são ainda piores: multa de R$ 100 mil, conforme determina a Lei nº 6.094/2020, sancionada pelo governador Ibaneis Rocha.

 

Texto: kleyton Jacob

Ascom APP

Mapa do site Dúvidas frequentes