18 de junho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
12/05/23 às 15h14 - Atualizado em 12/05/23 às 18h48

Administração participa da inauguração do Centro Monitoramento do 1º Batalhão da Polícia Militar do DF

COMPARTILHAR

A Administração do Plano Piloto marcou presença no evento de inauguração do Centro Monitoramento e Supervisão Operacional (CSO), do 1º Batalhão da Polícia Militar do Distrito Federal (1° BPM), nesta sexta-feira.

Na ocasião, estiverem presentes o administrador do Plano Piloto, Valdemar Medeiros; o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar; o Comandante da Unidade, coronel Palhares; subcomandante geral da PMDF, coronel Adão e o deputado distrital Eduardo Pedrosa (União Brasil).

O Sargento Michael explicou que o monitoramento vai servir de apoio para aprimorar os atendimentos por toda Asa Sul nas áreas residenciais e comerciais. “O aplicativo utilizado nesse monitoramento foi desenvolvido no nosso próprio Batalhão e engloba as buscas no Setor Comercial Sul (SCS), estacionamentos do Parque da Cidade, Setor Hoteleiro Sul, Banco Central e Assis Chateaubriand. A ideia é que a comunidade possa contactar a polícia e terem uma resposta com maior brevidade, por meio da análise dos profissionais. O que antes poderia ser feito em até 20 min passou a ser respondido em até 2 minutos”, frisou o militar. 

O Centro de Supervisão Operacional vai permitir o monitoramento da Asa Sul, com a  intenção dar maior celeridade ao processo de resposta à comunidade, relativa à identificação e prisão , além de inibir o crime. Os aplicativos utilizados integram o aplicativo vizinhança – Monitoramento. 

“Ficamos muito felizes em ver essa sala de vigilância à todo vapor. Compreendemos a necessidade dessas atuações tecnológicas,  que contribuem para que a insegurança na capital seja minimizada. Esse trabalho efetivo da polícia é de suma importância”, disse o administrador do Plano Piloto, Valdemar Medeiros. 

No início do programa 25 quadras eram contempladas e hoje houve aumento para 80 quadras. A intenção é integrar a comunidade aos atendimentos da Polícia Militar do Distrito Federal, por meio da corresponsabilidade, minimizando os casos de crimes na região. 

O comandante Palhares frisou que o Centro de Supervisão Operacional, foi entregue, completamente modernizado, por meio de uma parceria público-privada. “Passamos a ter uma sala com estrutura adequada, o que significa ampliar a nossa capacidade de operacional com uma resposta à comunidade mais vantajosa e eficiente” disse o comandante.

Outra novidade é que os porteiros da região já contam com um botão de pânico,  que dispara um sinal sonoro na unidade do 1° Batalhão da PMDF, alertando os militares do plantão 24h, por meio do aplicativo Vizinhança.

 

Texto: Daniela Uejo/Ascom/RA-PP

Foto: Amanda Duarte/Ascom/RA-PP

Mapa do site Dúvidas frequentes