16 de junho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
13/03/23 às 17h16 - Atualizado em 13/03/23 às 17h16

Projeto leva oficinas de dança e percussão a 6 mil alunos da rede pública

COMPARTILHAR

A partir de segunda-feira (13), durante um mês e meio, 6 mil crianças com idade entre 6 e 12 anos de escolas públicas do Distrito Federal participarão de oficinas teóricas e práticas de percussão e dança do projeto “Batuco e Danço!”. As unidades de ensino atendidas pela iniciativa são de Vicente Pires, Águas Claras, Taguatinga, Guará e Arniqueira.

O idealizador do projeto, o violonista Nelson Laif, destaca que o projeto nasceu em 2017 devido à necessidade de levar cultura às escolas. “Nossa expectativa é de que todos se envolvam muito”, afirma Laif. O objetivo é dar oportunidade de acesso às linguagens artísticas com referências históricas da cultura popular brasileira.

“Este projeto proporciona uma vivência artística muitas vezes inédita para o público infantil das regiões periféricas. O contato com um instrumento ou com os movimentos coordenados da dança chegam como novidade e com potencial enorme de transformações nas vidas dos estudantes”, pontuou o músico.

Idealizado e formatado pelo Coletivo Educação pela Arte (Cepa), o projeto recebeu R$ 95 mil do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec). A iniciativa é conduzida por uma equipe formada por professores, bailarina, músicos e arte-educadores.

O percussionista do Batuco e Danço!, Sandro Alves, ressalta a importância do elo de comunicação estabelecido com as crianças durante as oficinas. “No cenário atual, onde elas [crianças] têm sido mais punidas do que ouvidas, é especial envolvê-las numa atividade que as deixam livres. A forma como cada criança se expressa com a música ou com a dança revela muito sobre como ela é. E nós sempre aprendemos muito com os alunos”, afirma Alves.

A cantora, arte-educadora e bailarina Isabella Rovo, que vai comandar a oficina de dança, escancara sua paixão por esse trabalho: “Me encanta apresentar o Brasil desconhecido dentro das escolas e ver que é possível despertar as crianças e adolescentes para a riqueza cultural de seu país, entendendo a dimensão dessa diversidade. É uma questão de identificação cultural, de enraizamento e de pertencimento, o que faz a criança ter orgulho de ser brasileira”.

Serviço

Projeto Batuco e Danço! – 2ª temporada
Realização: Coletivo Educação pela Arte (Cepa)

 

Catarina Lima, da Agência Brasília

Fotos: Tiago Berinjela

Mapa do site Dúvidas frequentes