18 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
21/02/23 às 14h50 - Atualizado em 21/02/23 às 10h43

Parque Ana Lídia está em reforma para recuperação de equipamentos

COMPARTILHAR

O cenário que povoa a memória de quem cresceu na capital federal está em reforma. Todos os 29 brinquedos do Parque Ana Lídia passam por manutenção, com serviços que envolvem serralheria e pintura. Os trabalhos no playground mais famoso de Brasília começaram na quarta-feira (15), com recursos de R$ 30 mil.

“Três brinquedos já foram reformados, estão prontinhos; agora, uma equipe de 12 pessoas trabalha na recuperação de outros seis equipamentos”, conta o administrador do Parque da Cidade, Todi Moreno. “São serralheiros e pintores, profissionais que consertam pequenos defeitos e acabam com qualquer sinal de ferrugem das atrações.”

O Ana Lídia continua aberto para o público durante a manutenção – apenas os brinquedos que estão em reforma ficam interditados. Além do tradicional foguete, o playground oferece balanços, escorregadores e outros equipamentos, e duas atrações com acessibilidade para cadeirantes. 

 

 

Segurança e tradição

A reforma leva conforto para as crianças e tranquilidade para os pais. Frequentador assíduo do parquinho, o servidor público Flávio Marques, 42 anos, procura ficar atento ao estado dos brinquedos. “Eles ficam expostos ao sol e à chuva, e é natural que precisem passar por uma manutenção periódica”, comenta.

Manter o Parque Ana Lídia bem-conservado garante não apenas a segurança da criançada, mas também a preservação de uma tradição, ressalta Flávio. “Eu mesmo brinquei muito por aqui, adorava o foguete”, recorda. “É importante preservar um lugar que mexe tanto com nossas memórias. Todos nós temos um carinho especial por esse parquinho”.

Além da reforma, o playground do Parque da Cidade tem a previsão de ganhar cinco novos brinquedos, entre balanços, pula-pula e outros itens. A administração do parque estuda se as novas atrações serão feitas de metal, como os demais equipamentos do parquinho, ou de madeira.

 

Carolina Caraballo, da Agência Brasília 

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes