12 de junho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
20/02/23 às 14h49 - Atualizado em 20/02/23 às 11h55

Diversidade comandou a festa das Montadas, no Setor Bancário Norte

COMPARTILHAR

 

Uma das atrações mais aguardadas pelos foliões brasilienses, o Bloco das Montadas, criado e protagonizado por transformistas, saiu às ruas no domingo (19) marcando presença em mais um Carnaval no DF. Desde que foi fundado, em 2018, o grupo, que celebra a diversidade, viu seu público saltar de 15 mil pessoas para 60 mil na última edição, em 2020, quando a pandemia de covid-19 manteve a folia suspensa por dois anos.

Em 2023, de acordo com dados da organização do Carnaval, cerca de 100 mil pessoas curtiram a festa no estacionamento do Setor Bancário Norte (SBN). Com o aporte de R$ 220 mil do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), o Bloco das Montadas já se consolidou para os próximos carnavais.

 

 

Segundo a organização do grupo, foram gerados, este ano, cerca de 200 empregos diretos e mais de 500 empregos indiretos.  A chuva forte que caiu em Brasília no começo do desfile não atrapalhou a animação dos foliões.

“Para nós, é uma alegria estar de volta para celebrar a diversidade de corpos, cores e sexualidade”, comemorou a organizadora do bloco, a drag queen Rute Venceremos. “Estamos comemorando e embelezando as ruas da cidade.”

“Escolhi o bloco das Montadas pois ele representa tudo em que eu acredito e gosto: tem música legal, tem gente bonita, tem vida e, mais importante, tem a cultura, que tanto sofre ataques de quem não acredita que ela é, por si só, transformadora’’, afirmou a pedagoga Priscylla Oliveira, que acompanhou o Bloco das Montadas.

 

 

O tema escolhido para este ano foi “O Futuro É Agora”. Entre os artistas no palco, o destaque ficou para a drag queen Aretuza Lovi, que protagonizou o show Borogodó. Já as brincadeiras ficaram por conta das drags Raykka Rica, Pikineia e Baliane, que dançaram ao som dos DJs Nicolas Magalhães, Tulio Bueno, Patty Peronti, Eva Maruana e Sarah Cortez.

 

Fotos: André Luís/Divulgação/Secec

 

Mapa do site Dúvidas frequentes