09 de fevereiro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
19/01/23 às 11h00 - Atualizado em 19/01/23 às 12h07

Administração leva demanda de moradores à batalhão da PMDF na Asa Sul

COMPARTILHAR

O administrador do Plano Piloto, Valdemar Medeiros, esteve nesta quarta-feira (18), no 1º Batalhão da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) para levar as demandas da comunidade da Asa Sul e Vila Telebrasília para o comandante da unidade, tenente-coronel Palhares. A visita faz parte de uma série prevista na agenda visando a melhor segurança para a população do Plano Piloto. 

“Nossa gestão tem a marca da participação popular, a comunidade nos traz as demandas que precisam ser atendidas”, explicou o administrador. Na ocasião, Valdemar ressaltou a importância da presença da polícia junto à população e acompanhou, de perto, o funcionamento do projeto Rede de Vizinhos Protegidos, criado pelo batalhão. 

O comandante do batalhão enfatizou que a redução da criminalidade e a segurança na região são os focos da gestão. “A Administração é parceira estratégica e fundamental para que nossas ações sejam exitosas”, afirmou.

Valdemar fará visitas, ainda, aos 3º Batalhão (Asa Norte) e 6º Batalhão (Vila Planalto) – regiões também atendidas pela Administração Regional do Plano Piloto. 

Vizinhança protegida

O Rede de Vizinhos Protegidos atende, atualmente, 28 quadras residenciais e outras 14 comerciais. Por meio de grupos criados nos aplicativos de troca de mensagens – como WhatsApp e Telegram), porteiros, síndicos e prefeitos de quadras informam a ocorrência, que é atendida pelo 1º Batalhão. 

Além dos grupos, um aplicativo disponibilizado pelo projeto instala no celular o chamado “Botão de Pânico” que, caso acionado, dispara um sinal sonoro na central de monitoramento no batalhão que atenderá, imediatamente, ao chamado. 

O projeto é desenvolvido com base em três pilares: aproximar, integrar e proteger. Por meio de visitas realizadas nas quadras, os moradores e as necessidades daquela comunidade são conhecidos. Em seguida, a polícia propõe que os moradores se organizem em grupos de mensagens instantâneas no celular para debaterem melhorias que poderiam ser realizadas no âmbito da segurança. Esses grupos também servem para que a PMDF participe mais da rotina das quadras e estejam por dentro do que acontece na área.

Após a fase de aproximação, iniciam os treinamentos com os agentes de portaria dos blocos e a implementação da rede rádio da quadra. Os treinamentos são realizados por policiais militares da equipe do policiamento vizinhança. Por fim, o projeto busca criar na comunidade o senso de responsabilidade e cuidado um com o outro. A proteção será realizada de forma conjunta: policia, moradores e porteiros. Cada um realizando o seu papel de forma correta e bem instruída. Para a comunidade, ações como essas são fundamentais para prevenir atos violentos na quadra, manter a integração entre os vizinhos e aumentar a sensação de segurança. 

As quadras que se interessem em participar do projeto podem buscar informações e se inscreverem pelos e-mails: 1bpm.vizinhaca@pm.df.gov.br ou cpted@gmail.com.

Texto: Lívio di Araújo / ASCOM RA-PP

Fotos: Emanuelle Sena / ASCOM RA-PP

Mapa do site Dúvidas frequentes