09 de fevereiro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
16/01/23 às 10h19 - Atualizado em 17/01/23 às 11h40

Confira como evitar desperdício de água durante as férias

COMPARTILHAR

Neste período de férias escolares, é comum muitos brasilienses viajarem e se ausentarem de suas residências. Entre as dicas de segurança mais comum estão tirar os eletrônicos das tomadas, fechar o registro de gás, suspender a entrega de jornais ou revistas ou deixar qualquer tipo de evidência de que o imóvel está desocupado. A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) aproveita e oferece algumas dicas adicionais para garantir a tranquilidade dos viajantes.

Vazamento de água 

Entre as orientações da Caesb para quem vai viajar de férias está o fechamento dos registros de água do imóvel | Foto: Cristiano Carvalho/Caesb

→ Antes de viajar, feche todos os registros de água do imóvel, incluindo o registro geral. Essa medida evita desperdício em caso de vazamentos ou esquecimento de alguma torneira aberta.

→ Confira o funcionamento da boia da caixa d’água, pois ela serve para fechar a entrada do reservatório quando a caixa já está cheia.

→ Teste todas as torneiras e os chuveiros do imóvel, uma vez que um gotejamento pode desperdiçar até 46 litros de água por dia.

→ Deixe a pia limpa e jogue o lixo fora. A louça suja acumula sujeira e atrai insetos. Aproveite para colocar os talheres de molho e lavar todas as peças de uma só vez.

→ Lave as roupas sujas antes de viajar. Reutilize a água da máquina para lavar a garagem ou o quintal.

→ Feche os ralos para evitar que insetos (baratas, aranhas ou escorpiões) invadam a casa na sua ausência.

→ Cuidar das plantas também é importante. Utilize vasos autoirrigáveis, que possuem um reservatório de água em quantidade suficiente para sua sobrevivência, e retire recipientes que possam ser depósito do mosquito da dengue.

→ Peça para uma pessoa de confiança visitar sua casa periodicamente e verificar se não houve nenhum vazamento.

→ Caso algum vazamento seja identificado internamente, a Caesb deve ser informada sobre o conserto, o local deve ser fotografado e esses registros devem enviados à companhia. Isso é necessário para que seja analisado se houve influência do vazamento no consumo medido. Se o vazamento ocorrer no cavalete do hidrômetro, somente a Caesb pode realizar o reparo. O usuário deve entrar em contato com a empresa e solicitar a correção da fatura.

→ Ao retornar, aproveite e faça a limpeza da caixa d’água do seu imóvel, pois a água parada por um longo período pode favorecer a presença de algas e bactérias, além de uma possível contaminação por animais, caso a tampa tenha se deslocado em sua ausência. Confira o passo a passo da limpeza no site da Caesb.

Pagamento 

Para evitar surpresas, lembre-se de antecipar o pagamento da sua conta de água da Caesb. A fatura pode ser paga em toda a rede bancária, agências lotéricas, correspondentes bancários ou pelo sistema de débito automático. A segunda via da conta está disponível em vários canais de atendimento:

→ Aplicativo disponível nos sistemas IOS e Android. No app, é possível fazer o download da fatura em PDF e enviar por e-mail ou aplicativo de mensagem;

→ Site www.caesb.df.gov.br;

→ Agência virtual;

→ Central de Atendimento Telefone 115 (válidos para ligações no DF);

→ Escritórios regionais (apenas para emissão da segunda via da fatura);

→ Postos na Hora;

→ WhatsApp (disponível exclusivamente para usuários de Taguatinga, Ceilândia, Samambaia, Sobradinho e Planaltina).

Caso o usuário tenha contas em aberto com a Caesb até 31 de outubro de 2022, é possível participar de mais uma edição do Programa de Negociação de Débitos, disponível para clientes pessoas físicas e pessoas jurídicas. O programa oferece condições especiais para a negociação de débitos, flexibilizando os pagamentos à vista e oferecendo parcelamento, com a redução gradativa dos juros de mora.

Fonte: Agência Brasília 

Mapa do site Dúvidas frequentes