09 de fevereiro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
11/01/23 às 11h40 - Atualizado em 11/01/23 às 11h40

Cooperação para identificar e punir quem atentou contra a democracia

COMPARTILHAR

A governadora em exercício do Distrito Federal, Celina Leão, convocou a imprensa na tarde desta terça-feira (10) para enumerar as ações adotadas pelo governo local para investigar e punir os responsáveis pelos atos antidemocráticos do último domingo (8). A cooperação com o governo federal, o atendimento aos detidos e o empenho em restaurar obras de arte danificadas foram pontuadas.

“O GDF não irá tolerar atos de vandalismo contra a democracia. É triste ver pessoas que não representam movimentos democráticos promoverem o caos, mas não vamos tolerar. O que assistimos não foi uma manifestação, foi um ato de vandalismo”, alertou Celina Leão, que em seguida avisou: “Temos governo, postura e daremos possibilidade de que os eleitos possam governar”.

A governadora em exercício, Celina Leão: “O GDF não irá tolerar atos de vandalismo contra a democracia” | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

A chefe do Executivo lembrou que a interlocução com o governo federal tem ocorrido 24h por dia e em bom tom, cooperativo, em busca pela resolução e apuração dos fatos e responsáveis.

Sobre os detidos, o GDF informou que tem disponibilizado condições humanitárias e dignas nas dependências das polícias Civil e Federal, garantindo a alimentação e saúde dos mesmos. Até o momento, foram distribuídas mais de sete mil refeições e feitos 243 atendimentos por 54 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e psicólogos, com mais de 30 encaminhamentos a unidades hospitalares da capital.

“Há uma integração muito forte. O interventor Ricardo Cappelli tem uma cooperação muito forte. Apesar da intervenção na segurança pública, todas as outras secretarias precisam estar unidas para trabalhar em conjunto”, detalhou o chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha.

Os números foram repassados por Gustavo Rocha. Ele anunciou também que profissionais restauradores de obras de arte da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) foram disponibilizados para atuar na recuperação dos itens vandalizados.

Histórico

Na segunda (9), em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), o GDF instituiu o Gabinete da Preservação e Mobilização Institucional a fim de promover a estabilidade, coordenar as atividades administrativas não afetadas pela intervenção federal no âmbito da segurança pública e prestar apoio ao interventor nomeado pelo governo federal, Ricardo Cappelli.

O gabinete é composto pela própria Celina Leão e outros secretários de governo, a exemplo da Casa Civil, Governo, Comunicação, DF Legal, Fazenda e Planejamento, Orçamento e Administração. Conta também com a participação do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Departamento de Trânsito (Detran), Consultoria Jurídica e Controladoria-Geral do DF, bem como as administrações regionais do Plano Piloto, Lago Sul, Lago Norte e Sudoeste/Octogonal.

O gabinete também convidou representantes das instâncias superiores – Supremo Tribunal Federal (STF) e Superior Tribunal de Justiça (STJ) –, do Congresso Nacional, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), tribunais, Câmara Legislativa e ministérios públicos a participar.

Ian Ferraz, da Agência Brasília | Edição: Carolina Lobo

Mapa do site Dúvidas frequentes