09 de fevereiro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
7/12/22 às 12h38 - Atualizado em 12/12/22 às 12h54

Nova plataforma digital Participa DF aproxima governo e demanda popular

COMPARTILHAR

A partir de agora, o cidadão pode contar com uma plataforma mais fácil e rápida para enviar suas demandas ao Governo do Distrito Federal (GDF) e solicitar acesso a informações. Foi lançando, na manhã desta quinta-feira (7), o Participa DF, uma plataforma digital que promete ser o elo entre população e governo. Essa inovação foi realizada sem custo extra para o GDF, pois foi desenvolvida por servidores.

“Essa é uma entrega histórica, que demonstra o compromisso do atual governo com a população”Daniel Lima, controlador-geral do DF

Até então, para abrir uma demanda de ouvidoria ou para fazer um pedido de acesso à informação, o interessado precisava entrar em dois sites diferentes e realizar dois cadastros distintos. Com o Participa DF, o cidadão vai visualizar os dois sistemas em uma única página, e optar por um deles. Um robô, batizado de Iza, vai auxiliar no processo do registro de ouvidoria.

O projeto nasceu dentro da Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF) , que utilizou os recursos disponíveis e a expertise dos servidores lotados na própria casa para realizar o projeto. “Essa é uma entrega histórica, que demonstra o compromisso do atual governo com a população. O governo poderá entregar soluções, mas fazendo com que as pessoas façam parte dessas soluções”, destacou o controlador-geral do DF, Daniel Lima. “É o cidadão no controle, fiscalizando, manifestando suas demandas”, completou.

O Participa DF foi lançado na manhã desta quarta-feira (7): plataforma digital foi desenvolvida com os recursos disponíveis e a expertise dos servidores lotados na própria CGDF | Fotos: Tony Oliveira/Agência Brasília

A ouvidora-geral do DF, Cecília Fonseca, fez questão de ressaltar o trabalho e a dedicação dos quase 50 servidores da CGDF que, juntos, desenvolveram toda a plataforma. “Precisamos inspirar cada servidor público para servir melhor o cidadão. Esse relacionamento acontece no dia a dia e para simplificar a vida das pessoas é que surgiu o Participa DF”, explicou.

O vice-governador Paco Britto destacou o empenho do GDF em garantir serviços públicos de qualidade e maior aproximação com o cidadão

Para acessar a plataforma, basta apenas uma senha e um login, que foram unificados para os dois sistemas, o que facilita ainda mais o acesso. “Hoje, o DF, que sempre foi referência para o Brasil, nos brinda com mais um avanço, num mundo cada vez mais digital”, enfatizou o ouvidor-geral interino na União, Marcos Lindenmayer.

O deputado distrital, João Cardoso, demonstrou satisfação com a nova plataforma voltada para facilitar o atendimento das demandas do cidadão: “Digo que o que mais a população precisa é de ser escutada. A Ouvidoria do GDF cada vez mais tem se desenvolvido e apresentado um trabalho de excelência”.

De acordo com o vice-governador Paco Britto, que representou o GDF no lançamento da nova plataforma, o governo Ibaneis Rocha vem, desde o início, garantindo serviços públicos de qualidade e maior aproximação com o cidadão, além de apresentar novas tecnologias acessíveis a todos para isso. “O Participa DF mostra o quanto a participação popular é importante em nosso governo, Não existe uma boa gestão sem que a demanda do povo seja ouvida”, frisou.

O Participa DF segue a tendência de unificação de ferramentas do Governo Federal, ao mesmo tempo em que traz para o cidadão um atendimento de inteligência artificial, que agiliza todo o processo de registro. Ao entrar nos antigos endereços ouv.df.org.br ou e-sic.df.gov.br, o usuário será orientado a acessar o Participa DF (www.participa.df.gov.br). Não haverá mudanças nos atendimentos presenciais para demandas de ouvidoria ou de pedidos de acesso à informação, nem nos atendimentos pela Central 162, que continuam a ocorrer de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e nos fins de semana e feriados, das 8h às 18h.

Fonte: Agência Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes