01 de dezembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
21/04/22 às 16h29 - Atualizado em 28/04/22 às 16h31

Programa Adote uma Praça ganha apoio da Embaixada dos EUA

COMPARTILHAR

Mais uma área pública de Brasília ganha atenção especial por meio do programa Adote uma Praça, da Secretaria de Projetos Especiais (Sepe), que atua em benfeitorias e manutenção de mobiliários urbanos. Desta vez, será reformado o entorno da Embaixada dos Estados Unidos, com investimentos no paisagismo e reforma do estacionamento. A iniciativa foi oficializada na quarta-feira (20), durante a assinatura de um termo de cooperação técnica entre a Sepe, o Escritório de Assuntos Internacionais (EAI), a Administração do Plano Piloto e a embaixada.

“O Adote uma Praça foi lançado no governo atual e surgiu do entendimento da dificuldade em conservar esses espaços com uma manutenção adequada e constante”, explicou o secretário de Projetos Especiais, Roberto Vanderlei de Andrade. “O programa tem um índice de adesão enorme, estando em 33 regiões administrativas do Distrito Federal.”

Durante a cerimônia de assinatura, a chefe do EAI, Renata Zuquim, lembrou que a Embaixada dos Estados Unidos é uma grande parceira do GDF. A afirmativa foi endossada pelo ministro-conselheiro interino para Assuntos Administrativos da embaixada, Roberto Custódio: “É uma honra ter essa oportunidade junto ao Governo do Distrito Federal e poder, mais uma vez, trabalhar com Brasília”.

Renata Zuquim também elogiou a iniciativa da Sepe: “O Adote uma Praça é um programa pensado para fazer essa integração da sociedade e do poder público. Entendemos a importância e a valorização desses espaços, em especial nesse momento pós-pandemia”.

Por sua vez, a administradora regional do Plano Piloto, Ilka Teodoro, ressaltou a abrangência do documento assinado. “O Adote uma Praça é um projeto muito importante para o GDF, e a administração regional se sente contemplada quando recebe os interessados nesse projeto e pode, assim, manter e cuidar da cidade, melhorando sua funcionalidade”.

Fonte: Agência Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes