17 de agosto

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
5/04/22 às 16h49 - Atualizado em 5/04/22 às 16h49

Administrações regionais em funcionamento 24 horas por dia

COMPARTILHAR

Elo importante entre a população e o Governo do Distrito Federal (GDF), as administrações regionais agora oferecem atendimento 24 horas por dia pelo portal de serviços do DF. O projeto, que é um dos compromissos assumidos por Ibaneis Rocha em 2018, foi lançado nesta terça-feira (5) em cerimônia no Palácio do Buriti.

Em lançamento do projeto no Palácio do Buriti, nesta terça-feira (5), o governador Ibaneis Rocha disse que a medida aproxima o governo da população para que ela possa encaminhar solicitações e registrar elogios ou reclamações com mais facilidade | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

 

Mais de 30 serviços passam a ser disponibilizados pela população a qualquer hora do dia. Desde pintura de faixa de pedestre à instalação de paradas de ônibus ou de Pontos de Encontro Comunitários (PECs), até ações para combate à dengue e a manutenção de estradas.

Futuramente, também será possível solicitar licenciamento para quiosques e trailers, autorização para ambulantes, cópia de plantas de edificações existentes e desarquivamento de processos. O GDF pretende incluir todos os serviços de interesse da população prestados pelas administrações no portal e, neste primeiro momento, trabalha para aprimorar o atendimento.

“Mesmo com o trabalho das administrações regionais não dá para ver tudo. A gente tem que dar facilidade para as pessoas, inclusive para reclamar. Dentro do nosso governo fizemos isso em todas as áreas, é o espírito de acolhimento às famílias” – Governador Ibaneis Rocha

Para o governador Ibaneis Rocha, o programa aproxima o governo da população para que ela possa indicar o que precisa ser feito, corrigido e elogiado nas cidades em qualquer dia, horário e local.

“Mesmo com o trabalho das administrações regionais não dá para ver tudo. A gente tem que dar facilidade para as pessoas, inclusive para reclamar. Você tem que dar espaço para a reclamação e buscar a solução. Esse é um programa de coragem, porque você tem acesso à reclamação. A pessoa vai poder indicar onde está o buraco, sair da quadra de esportes e mostrar onde precisa arrumar. Dentro do nosso governo fizemos isso em todas as áreas, é o espírito de acolhimento às famílias”, afirma o chefe do Executivo.

É importante ressaltar que o atendimento presencial será mantido nas administrações regionais, em horário normal do expediente, e as solicitações também poderão ser feitas pelo telefone 162. “É um programa que sonhei muito e encarreguei os melhores secretários que eu tenho para tocá-lo. Um programa feito de forma bastante transversal e ouvindo também os principais problemas da comunidade”, acrescenta Ibaneis Rocha.

Titular da Secretaria de Governo, que é a coordenadora do programa, José Humberto Pires de Araújo destaca que a gestão tem se preocupado em modernizar seus serviços.

“É um avanço da administração pública para que o cidadão tenha acesso aos serviços. Com a modernidade e tecnologia que temos hoje é um atraso não ter um canal em que as pessoas possam acessar os serviços na hora que desejam e precisam. O nosso governo está conectado com a modernidade, trazendo ao cidadão essa oportunidade de falar diretamente com o governo por meio desse canal”, explica.

Para o secretário de Governo, José Humberto Pires de Araújo, o projeto é um avanço da administração pública para que o cidadão tenha acesso aos serviços

 

Além da Segov, participam do projeto a Controladoria-Geral e a Secretaria de Economia. O tratamento e gerenciamento das solicitações serão feitos pelo sistema de ouvidorias, o OUV-DF. Para o melhor funcionamento do programa, a Escola de Governo capacitou servidores que ocupam áreas estratégicas nas administrações regionais.

“Esse é mais um projeto que une esforços de várias pastas para melhorar ainda mais os serviços prestados à população do DF”, destaca o secretário de Economia, Itamar Feitosa.

Além da comodidade de um serviço online, o Administração Regional Digital 24 Horas também permite que as solicitações sejam recebidas e tratadas pelo sistema de Ouvidoria do GDF. Logo, terão que ser respondidas dentro dos prazos legais previstos de até 20 dias corridos, conforme explica os gestores da Controladoria-Geral.

“O papel da CGDF é dar suporte aos órgãos para desempenharem o melhor trabalho possível. Hoje, a solicitação de serviços no DF alcança o segundo maior tipo de manifestações na Ouvidoria”, afirma o controlador-geral do DF, Paulo Martins.

A ouvidora-geral substituta do DF, Maria Fernanda Cortes de Oliveira, reforça que as demandas poderão ser concentradas em um único canal. “Ao invés de entrar por protocolo, carta para o gabinete do administrador, vamos centralizá-las nesse canal e trabalhar de forma digital. Todas elas vão estar registradas no sistema da Ouvidoria, que tem estrutura para monitorar as demandas e respondê-las em até 20 dias”, explica.

“Com esse serviço 24h a população vai ser mais bem atendida, estaremos mais próximos da população, uma vez que temos um horário de funcionamento e passaremos a atender com alguns serviços 24h por dia”, pontua a administradora do Riacho Fundo, Ana Lúcia Melo.

Passo a passo

Para acessar o serviço basta entrar neste link e clicar no ícone “Administração Regional Digital 24h”. Em seguida, escolha a opção “Cidadão”. Por fim, escolha um dos serviços digitais disponíveis em “Administração Regional Digital 24h” e faça o seu registro.

Ian Ferraz, da Agência Brasília I Edição: Débora Cronemberger

Mapa do site Dúvidas frequentes