01 de dezembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
8/02/22 às 14h56 - Atualizado em 21/03/22 às 14h59

Viaduto do Setor Bancário Sul passa por limpeza

COMPARTILHAR

Via de acesso a um dos centros financeiros de Brasília, o Viaduto do Setor Bancário Sul (SBS) há muito não recebia uma boa limpeza. Esta semana, servidores do Programa GDF Presente e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), com apoio da Novacap, deram um trato no elevado, que ganhou um novo visual.

A grande quantidade de entulhos, lixo verde e caixas de madeira descartadas ali foi o suficiente para encher um caminhão trucado, que tem capacidade para até 16 toneladas. As pichações e sujeiras das paredes também foram eliminadas.

Além da retirada de mato e entulhos, o elevado recebeu a pintura para acabar com a poluição visual e melhorar as condições da via em um dos centros financeiros de Brasília | Fotos: Divulgação/GDF Presente

Segundo o servidor da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape) Guilherme Almada, que trabalha no setor, o acesso à região estava precário. “Embaixo do viaduto, havia muito lixo acumulado, além de mau cheiro. Nas paredes, a poluição visual era grande”, explica Almada. “E muitos trabalhadores passam ali embaixo a pé, ou usam as escadas para acessar o Setor Bancário”.

Dez operários participaram da faxina. A tinta cinza e o material para limpeza foram fornecidos pelo DER, assim como equipamentos de segurança para alcançar as laterais da passagem. Eles fizeram ainda o corte do mato. “Posso dizer que já deu uma ‘melhorada de 100%’”, atesta Guilherme Almada.

Atenção aos viadutos da área central

O serviço de recuperação nos viadutos da cidade têm sido uma constante, conforme relata o coordenador do Polo Central Adjacente III do programa, Alexandro César. “Fizemos recentemente no Viaduto Camargo Corrêa e também nas passagens da via S2, próximas à Catedral Metropolitana”, revela. “São manutenções importantes, até mesmo porque são construções antigas e o fluxo de carros e pedestres é intenso”, reforça.

“A recuperação de espaços degradados no centro da cidade é essencial para a população que circula por ali diariamente”, pontua a administradora regional do Plano Piloto, Ilka Teodoro. “Além disso, a recuperação auxilia na sensação de segurança de todos”, finaliza.

Rafael Secunho, da Agência Brasília | Edição: Saulo Moreno

Mapa do site Dúvidas frequentes