06 de dezembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
15/12/21 às 17h27 - Atualizado em 27/12/21 às 17h29

IBGE abre quase 3 mil vagas temporárias para Censo 2022 no Distrito Federal

COMPARTILHAR

Editais preveem mais de 200 mil vagas para todo o Brasil. As oportunidades são para nível médio e fundamental

Pesquisadores do Censo visitarão todos os domicílios do País em 2022| Foto: Aline Schons.

O IBGE lança hoje (15/12) dois editais para contratar temporariamente 206.891 pessoas para trabalhar na organização e na coleta do Censo Demográfico 2022, sendo 2.953 vagas para o Distrito Federal. A organizadora dos processos seletivos é a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Para o Distrito Federal, o primeiro edital prevê 42 vagas de agente censitário municipal (ACM) e 280 de agente censitário supervisor (ACS), com remunerações de R$ 2.100,00 e R$ 1.700,00, respectivamente. Nesse processo seletivo, serão oferecidas as vagas de ACM aos candidatos que obtiverem as melhores classificações. O nível de escolaridade exigido para ambas as funções é o ensino médio completo.

O ACM executará tarefas administrativas e técnico-operacionais. Ele garantirá a qualidade dos trabalhos de sua equipe e gerenciará o posto de coleta, espaço que dá suporte à operação censitária. Já o ACS será responsável pela supervisão, com foco em questões técnicas e de informática, e orientação dos Recenseadores durante a realização do trabalho de campo. A previsão de duração dos contratos é de cinco meses.

O segundo edital visa o preenchimento de 183.021 vagas de recenseador em nível nacional, sendo 2.631 para o Distrito Federal. Os recenseadores são os profissionais que visitarão todos os domicílios do país, entrevistando seus moradores.

A remuneração será variável, calculada com base na produtividade de cada contratado, de acordo com o número de domicílios visitados. No hotsite do Censo 2022, há um simulador onde os candidatos podem verificar a remuneração a ser obtida.

Os recenseadores aprovados nas provas objetivas, dentro do número de vagas previsto no edital, serão convocados para a etapa de treinamento a ser realizada pelo IBGE. Esses agentes não terão horário de trabalho fixo, espera-se, no entanto, que dediquem ao menos 25 horas por semana às atividades da operação. A previsão de duração do contrato é de três meses e o nível de escolaridade exigido é o ensino fundamental completo.

As inscrições para ACM/ACS e recenseador vão de 15 de dezembro a 29 de dezembro de 2021. O valor é de R$60,50 para ACM/ACS e de R$57,50 para recenseador. Haverá isenção da taxa de inscrição para os candidatos que declararem e comprovarem hipossuficiência de recursos financeiros para pagamento da taxa e para os doadores de medula óssea.

As provas serão aplicadas no dia 27 de março de 2022, em turnos distintos. É permitido que um mesmo candidato participe das duas seleções. Outras informações podem ser conferidas nos editais.

Edital lançado nesta semana prevê mais 26 vagas para o DF

Outros dois editais foram lançados pelo IBGE na terça-feira (14/12), com vagas para a função de coordenador censitário de área (CCA) e agente censitário de administração e informática (ACAI). O primeiro conta com 31 vagas para 31 municípios do País (não há vagas para o Distrito Federal), com remuneração de R$3.677,27.

Para no segundo estão previstas 1781 vagas para o segundo, sendo 26 para o Distrito Federal. A remuneração é de R$1.700,00. Ambos os editais estão disponíveis no site da organizadora, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

A importância do Censo Demográfico

O Censo Demográfico produz informações atualizadas e precisas, que são fundamentais para o desenvolvimento e implementação de políticas públicas e para a realização de investimentos, tanto do governo quanto da iniciativa privada. Além disso, uma sociedade que conhece a si mesma pode executar, com eficácia, ações imediatas e planejar com segurança o seu futuro.

Qual é o tamanho da população brasileira? Em que condições vive? Como se distribui no Território Nacional? Qual é o nível de escolaridade de nossas crianças e jovens? Quais as condições de emprego e renda da população? Essas e outras perguntas serão respondidas pelo Censo Demográfico que o IBGE realizará em 2021.
Fonte: IBGE

Mapa do site Dúvidas frequentes