12 de agosto

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
9/12/21 às 15h28 - Atualizado em 10/12/21 às 15h29

Busca ativa por pessoas que ainda não se vacinaram será intensificada

COMPARTILHAR

Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (9), o secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, reforçou que as ações que ocorrem fora das unidades de saúde continuarão sendo realizadas em várias regiões do Distrito Federal.

“Nosso percentual vacinal está muito bom, mas com essa busca ativa será ainda melhor”, ressaltou o chefe da pasta. Pafiadache anunciou que as ações fora das unidades de saúde serão intensificadas, como vacinação e testagem da covid-19.

“Estamos em negociações com o Ministério da Saúde para instalar um posto de vacinação no Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek. As novas ações vêm para somar com todos os esforços que já estamos fazendo para alcançar o maior número de pessoas possíveis”, explica.

A pasta vem trabalhando em um modelo de busca ativa da população, levando a vacina a grandes centros de circulação de pessoas, a exemplo de feiras, como ocorreu durante dois finais de semanas consecutivos, e na Rodoviária do Plano Piloto, que já conta com um ponto fixo de vacinação.

Transmissão da covid-19

O secretário-adjunto de Assistência à Saúde, Fernando Erick Damasceno, explicou que, nos últimos dias, não houve aumento da transmissibilidade do coronavírus e que a pasta trabalha para antecipar os riscos.

“Estamos organizando os esforços para os diferentes cenários que podemos ter com a pandemia. Mas, também, na perspectiva da recuperação dos prejuízos que a pandemia causou”, observa. O gestor destaca também que é preciso “recuperar os serviços essenciais para a rede, como melhorar o número de equipes de estratégia de Saúde da Família e aumentar a força de trabalho na atenção primária. O enfrentamento da covid-19 é a nossa prioridade, mas não pode ser exclusividade”.

Vacinação

A rede de frio está abastecida com os três principais imunizantes: CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer-BioNTech. Hoje, nos pontos de vacinação, a população pode buscar o imunizante da marca que preferir. A medida foi tomada para aumentar a procura pela vacina e, consequentemente, a cobertura vacinal.

Quanto à vacina da Janssen, o Distrito Federal recebeu 10.250 doses nessa quarta-feira (8). O quantitativo será utilizado para vacinar com a dose de reforço as pessoas que receberam o imunizante até o dia 30 de junho.

Para quem tomou a vacina após esse período, a Secretaria de Saúde aguarda receber novas remessas do Ministério da Saúde.

“As mulheres que receberam a vacina Janssen até o dia 30 de junho e, atualmente se encontram gestantes, não poderão receber o reforço do mesmo imunizante. Esse público receberá a vacina Pfizer”, explicou o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.

Os pontos de vacinação contra a covid-19 podem ser consultados diariamente no site da Secretaria de Saúde.

Fonte: Agência Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes