01 de dezembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
6/12/21 às 14h47 - Atualizado em 7/12/21 às 16h45

RENOVADF recuperará 408 equipamentos no Plano Piloto

COMPARTILHAR

“É um presente para o Plano Piloto”. Assim, a administradora regional Ilka Teodoro definiu a chegada do RENOVADF às asas Sul e Norte. O programa de inclusão social e qualificação profissional do Governo do Distrito Federal (GDF) vai começar no Plano Piloto no próximo dia 15 e ficar até março. Os aprendizes do programa farão a recuperação dos equipamentos públicos da localidade.

Ao todo, serão recuperados 408 equipamentos de 144 quadras. Para Ilka, “o grande mérito do RENOVADF é um olhar de cuidado com a cidade e respeito com a comunidade”.

A decisão de levar o programa ao Plano Piloto foi tomada em reunião no Palácio do Buriti com a presença da administradora e dos prefeitos comunitários da região. O encontro foi coordenado pelo secretário de Governo, José Humberto Pires, que informou que as obras da W3 Sul ficarão prontas ainda neste ano. Pires também anunciou para os próximos meses a recuperação de todas as praças da Asa Sul.

O RENOVADF estabeleceu como prioridade no Plano Piloto, inicialmente os equipamentos passíveis de manutenção, conservação e pequenos reparos, assim como os que atendem a um número maior de pessoas. Mas o governador do DF, Ibaneis Rocha, garantiu a recuperação de tudo o que precisar de manutenção. Passarão por reparos quadras de esporte, parquinhos – alguns com mais de 20 anos sem manutenção –, pontos de encontro comunitários, e calçadas em torno dos equipamentos.

Em um segundo momento, o RENOVADF seguirá para as vilas Telebrasília e Planalto e para o Noroeste. O secretário de Trabalho, Thales Ferreira, responsável pela mão de obra que realiza os serviços do programa, disse: “o RENOVADF é um sucesso. Neste momento estamos com 500 aprendizes em Arniqueira e mais 500 no Riacho Fundo I. No Plano Piloto esperamos trabalhar com 1.500 alunos”, estimou o secretário.

As representantes do Conselho de Moradores da 313 Sul, Flávia Mayrink e Adriana Jobim, disseram que o programa vem contemplar uma antiga demanda. “O Plano Piloto ficou abandonado por 60 anos, enquanto o governo cuidava de áreas mais carentes, e agora o RENOVADF chega aqui. Na verdade, tudo precisa de reformas, como calçadas e quadras poliesportivas”, disse Flávia Mayrink. Segundo ela, as calçadas serão reformadas com recursos de emendas parlamentares.

Fonte: Agência Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes