22 de abril

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
15/03/21 às 17h22 - Atualizado em 15/03/21 às 17h22

Conjunto Fazendinha receberá cobertura provisória em duas edificações

COMPARTILHAR
O objetivo principal com a aquisição é preservar o imóvel, que possui grande valor histórico, cultural e arquitetônico para a população do DF | Foto: Seduh

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) abriu um pregão eletrônico para adquirir materiais de cobertura provisória para duas edificações do Conjunto Fazendinha, na Vila Planalto. O espaço histórico é composto de cinco casarões de madeira, erguidos na década de 1950 para abrigar os candangos durante a construção de Brasília. O processo foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta sexta-feira (12).

Conforme as especificações do pregão, as propostas enviadas pelos interessados serão recebidas e abertas no dia 17 de março, às 9h. O edital poderá ser retirado no endereço eletrônico www.comprasgovernamentais.gov.br. Para mais informações, é possível entrar em contato pelo telefone (61) 3214-4043.

“Com os materiais, o intuito é proteger o imóvel da ação das chuvas e evitar danos maiores ao patrimônio até que sejam concluídos os trabalhos necessários à contratação de uma empresa especializada no restauro do local, que estão sendo definidos por um grupo Executivo do GDF”Adriana Savite, subsecretária de Administração Geral da Seduh

A aquisição dos materiais de cobertura faz parte das ações emergenciais que a atual gestão da Seduh tem adotado para a conservação das edificações existentes no Conjunto Fazendinha. Nesse sentido, já foram realizadas várias ações em parceria com outros órgãos do governo, como limpeza da área, que abrangeu a poda de árvores, retirada de lixo e entulho, troca de lâmpadas e postes de iluminação danificados.

O objetivo principal com a aquisição é preservar o imóvel, que possui grande valor histórico, cultural e arquitetônico para a população do DF, impedindo que seja destruído, invadido ou descaracterizado.

“Com os materiais, o intuito é proteger o imóvel da ação das chuvas e evitar danos maiores ao patrimônio até que sejam concluídos os trabalhos necessários à contratação de uma empresa especializada no restauro do local, que estão sendo definidos por um grupo Executivo do GDF”, informou a subsecretária de Administração Geral da Seduh, Adriana Savite.

Grupo Executivo

Em novembro do ano passado, um Grupo de Executivo foi criado pelo Governo do Distrito Federal (GDF) para definir as ações que serão realizadas na revitalização do Conjunto Fazendinha. Incluindo a elaboração da minuta do Termo de Referência para a licitação das obras de revitalização, com contratação de projetos básicos e executivos para a restauração do local.

Leia também

Começa o processo de resgate do Conjunto Fazendinha, na Vila Planalto

A Seduh integra o grupo, que é coordenado pela Secretaria de Governo (Segov). Também fazem parte os titulares dos seguintes órgãos: Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec); Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e a Administração Regional do Plano Piloto.

AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: RENATA LU

*Com informações da Seduh

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros